terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Janelas de Guimarães

Janelas de Guimarães by VRfoto
Janelas de Guimarães, a photo by VRfoto on Flickr.

GUIMARÃES (Portugal): Janelas.

See where this picture was taken. [?]

VR Stock Photo

domingo, 27 de janeiro de 2013

Catedral de Sevilha

Catedral de Sevilha by VRfoto
Catedral de Sevilha, a photo by VRfoto on Flickr.

SEVILHA (Espanha): Catedral de Sevilha.

See where this picture was taken. [?]

A Catedral de Sevilha, também conhecida como Catedral de Santa Maria da Sede, é a maior da Espanha, e o terceiro templo maior do mundo atrás do San Pedro do Vaticano no Vaticano e São Paulo em Londres.
A catedral foi declarada Património da Humanidade pela UNESCO, no ano de 1987, integrado no sítio Catedral, Alcazar e Arquivo das Índias em Sevilha.
Segundo a tradição, a construção começou em 1401, embora não haja constância documental do começo dos trabalhos até 1433. Foi edificada no solar que ficou após a demolição da antiga Mesquita Alfama de Sevilha.

info: pt.wikipedia.org/wiki/Catedral_de_Sevilha

VR Stock Photo

Nani

Nani by VRfoto
Nani, a photo by VRfoto on Flickr.

sábado, 26 de janeiro de 2013

Rochedo de Gibraltar

Rochedo de Gibraltar by VRfoto
Rochedo de Gibraltar, a photo by VRfoto on Flickr.

GIBRALTAR (Espanha): Rochedo de Gibraltar.

See where this picture was taken. [?]

O Rochedo de Gibraltar (em inglês Rock of Gibraltar) ou Coluna de Hércules é um rochedo com 426 metros de altitude em Gibraltar, dominando o Estreito de Gibraltar. A colónia e cidade que se encontra no sopé deste monte é administrada pelo Reino Unido.
A maior parte do rochedo é área abrangida por uma reserva natural, onde vivem cerca de 250 macacos-de-gibraltar, os únicos macacos selvagens da Europa.

info: pt.wikipedia.org/wiki/Rochedo_de_Gibraltar

VR Stock Photo

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Portal da Igreja de Santa Maria de África - Ceuta

CEUTA (Espanha): Igreja de Nossa Senhora de África.

See where this picture was taken. [?]

Construída sobre uma ermida portuguesa, é dedicada à imagem de Santa Maria de África. Enviada nos começos do século XV pelo Infante D. Henrique, foi reedificada em finais do século XVII. É uma igreja de planta basilical com três naves e pilares envoltos em semicolunas coríntias de fuste estreado.
Recentemente a sua fachada foi restaurada pelo arquiteto Francisco J. Pérez Buades.

VR Stock Photo

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Storm in Foz

Storm in Foz by VRfoto
Storm in Foz, a photo by VRfoto on Flickr.

Via Flickr:
PORTO (Portugal): Foz do Douro.

See where this picture was taken. [?]

VR Stock Photo

Comboio na ponte Eiffel

Comboio na ponte Eiffel by VRfoto
Comboio na ponte Eiffel, a photo by VRfoto on Flickr.

VIANA DO CASTELO (Portugal): Ponte Eiffel.

See where this picture was taken. [?]

A Ponte Eiffel localiza-se sobre o rio Lima, próximo à sua foz, e liga a freguesia de Santa Maria Maior, na cidade de Viana do Castelo, a Darque, no sítio do Cais Novo, no concelho e distrito de Viana do Castelo, em Portugal.
Remonta a uma primitiva ponte de madeira. Com projeto da casa Gustave Eiffel, constitui-se numa ponte rodo-ferroviária metálica, inaugurada em 30 de junho de 1878 por Fontes Pereira de Melo.
Esta via permitiu a chegada do caminho-de-ferro à cidade, uma vez que, até então, os trilhos apenas alcançavam a estação de Darque. Posteriormente concluiu-se a Linha do Minho, até à vila alto-minhota de Monção.
Entre 1 de fevereiro de 2006 e 30 de outubro de 2007 a ponte esteve encerrada para obras de recuperação, que consumiram 12,4 milhões de euros.
Símbolo da arquitetura do Ferro em Portugal, tem 562 metros de comprimento, em dois pisos, o inferior ferroviário e o superior rodoviário.
A recente intervenção aumentou a largura do tabuleiro de 6,88 metros para oito metros, seis dos quais para as faixas de rodagem e os restantes para dois passeios de um metro de largura cada.

info: pt.wikipedia.org/wiki/Ponte_Eiffel

VR Stock Photo

domingo, 20 de janeiro de 2013

Fosso das Muralhas Reais de Ceuta

CEUTA (Espanha): Conjunto monumental das Muralhas Reais.

See where this picture was taken. [?]

Integrado pelo Fosso Real com a sua escarpa e contraescarpa (séc. XVI) e duas linhas de fortificações (séc. XVIII). A primeira está formada pelos medio-baluartes de Santa Ana e São Pedro e a segunda pela contraguarda de S. Xavier, o revelim de Santo Inácio e o ângulo de S. Paulo, para além da Praça de Armas e do fosso seco da Valenciana. Completa o conjunto o espigão da Ribeira, destruído parcialmente.
O traçado da estrada Ceuta-Marrocos em 1940 levou à destruição da muralha da Couraça Baixa para construír a ponte da Virgem de África.

VR Stock Photo

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Muralhas Reais de Ceuta

Muralhas Reais de Ceuta by VRfoto
Muralhas Reais de Ceuta, a photo by VRfoto on Flickr.

CEUTA (Espanha): Conjunto monumental das Muralhas Reais.

Integrado pelo Fosso Real com a sua escarpa e contraescarpa (séc. XVI) e duas linhas de fortificações (séc. XVIII). A primeira está formada pelos medio-baluartes de Santa Ana e São Pedro e a segunda pela contraguarda de S. Xavier, o revelim de Santo Inácio e o ângulo de S. Paulo, para além da Praça de Armas e do fosso seco da Valenciana. Completa o conjunto o espigão da Ribeira, destruído parcialmente.
O traçado da estrada Ceuta-Marrocos em 1940 levou à destruição da muralha da Couraça Baixa para construír a ponte da Virgem de África.

VR Stock Photo

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Muralhas reais de Ceuta

Muralhas reais de Ceuta by VRfoto
Muralhas reais de Ceuta, a photo by VRfoto on Flickr.
CEUTA (Espanha): Conjunto monumental das Muralhas Reais.

See where this picture was taken. [?]

Integrado pelo Fosso Real com a sua escarpa e contraescarpa (séc. XVI) e duas linhas de fortificações (séc. XVIII). A primeira está formada pelos medio-baluartes de Santa Ana e São Pedro e a segunda pela contraguarda de S. Xavier, o revelim de Santo Inácio e o ângulo de S. Paulo, para além da Praça de Armas e do fosso seco da Valenciana. Completa o conjunto o espigão da Ribeira, destruído parcialmente.
O traçado da estrada Ceuta-Marrocos em 1940 levou à destruição da muralha da Couraça Baixa para construír a ponte da Virgem de África. 

VR Stock Photo
 

Ceuta

Ceuta by VRfoto
Ceuta, a photo by VRfoto on Flickr.

CEUTA (Espanha)

VR Stock Photo

Interior da Igreja de Santa Clara a Velha #5

COIMBRA (Portugal) Interior do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha.

See where this picture was taken. [?]

VR Stock Photo

sábado, 12 de janeiro de 2013

Alhambra

Alhambra by VRfoto
Alhambra, a photo by VRfoto on Flickr.

GRANADA (Espanha): Alhambra.

See where this picture was taken. [?]

Trata-se dum rico complexo palaciano e fortaleza (alcazar ou al-Ksar) que alojava o monarca da Dinastia Nasrida e a corte do Reino de Granada. Esta importante atração turística espanhola exibe os mais famosos elementos da arquitetura islâmica no país, juntamente com estruturas cristãs do século XVI e intervenções posteriores em edifícios e jardins que marcam a sua imagem tal como pode ser vista na atualidade.

info: pt.wikipedia.org/wiki/Alhambra

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Alhambra

Alhambra by VRfoto
Alhambra, a photo by VRfoto on Flickr.

GRANADA (Espanha): Jardins de Alhambra.

See where this picture was taken. [?]

Trata-se dum rico complexo palaciano e fortaleza (alcazar ou al-Ksar) que alojava o monarca da Dinastia Nasrida e a corte do Reino de Granada. Esta importante atração turística espanhola exibe os mais famosos elementos da arquitetura islâmica no país, juntamente com estruturas cristãs do século XVI e intervenções posteriores em edifícios e jardins que marcam a sua imagem tal como pode ser vista na atualidade.

info: pt.wikipedia.org/wiki/Alhambra

VR Stock Photo

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Jardins de Alhambra

Jardins de Alhambra by VRfoto
Jardins de Alhambra, a photo by VRfoto on Flickr.

GRANADA (Espanha): Jardins de Alhambra.

See where this picture was taken. [?]

Trata-se dum rico complexo palaciano e fortaleza (alcazar ou al-Ksar) que alojava o monarca da Dinastia Nasrida e a corte do Reino de Granada. Esta importante atração turística espanhola exibe os mais famosos elementos da arquitetura islâmica no país, juntamente com estruturas cristãs do século XVI e intervenções posteriores em edifícios e jardins que marcam a sua imagem tal como pode ser vista na atualidade.

info: pt.wikipedia.org/wiki/Alhambra

VR Stock Photo

Alhambra com Granada ao fundo b&w

GRANADA (Espanha): Jardins de Alhambra.

Alhambra com Granada ao fundo

Alhambra com Granada ao fundo by VRfoto
Alhambra com Granada ao fundo, a photo by VRfoto on Flickr.

GRANADA (Espanha): Jardins de Alhambra.

See where this picture was taken. [?]

Trata-se dum rico complexo palaciano e fortaleza (alcazar ou al-Ksar) que alojava o monarca da Dinastia Nasrida e a corte do Reino de Granada. Esta importante atracção turística espanhola exibe os mais famosos elementos da arquitetura islâmica no país, juntamente com estruturas cristãs do século XVI e intervenções posteriores em edifícios e jardins que marcam a sua imagem tal como pode ser vista na actualidade.

info: pt.wikipedia.org/wiki/Alhambra

Absidíolo do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha

COIMBRA (Portugal): Absidíolo de Santa Clara-a-Velha.

See where this picture was taken. [?]

A abside e os absidíolos apresentam interiormente a forma poligonal, característica do gótico.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Ponte romana de Córdova

Ponte romana de Córdova by VRfoto
Ponte romana de Córdova, a photo by VRfoto on Flickr.

CÓRDOVA (Espanha): Ponte romana sobre o rio Guadalquivir.

See where this picture was taken. [?]

Construída no século I d.C., durante o domínio romano em Córdova, sobre o rio Guadalquivir, tem um comprimento de 331 metros e é composta por 16 arcos. Foi, durante séculos, o único ponto para cruzar o rio sem utilizar qualquer tipo de embarcação.
Ao longo da sua história sofreu inúmeras reconstruções. Julga-se que apenas dois arcos são originais. Em 2004, converteu-se numa ponte apenas pedonal. A última grande remodelação ocorreu entre 2006 e 2008, em que o restauro foi profundo, a cargo do arquitecto cordovês Juan Cuenca Montilla. Este mandou pôr a nu a silharia original, numa obra não isenta de polémica.

Ponte romana de Córdova

Ponte romana de Córdova by VRfoto
Ponte romana de Córdova, a photo by VRfoto on Flickr.

CÓRDOVA (Espanha): Ponte romana sobre o rio Guadalquivir.

See where this picture was taken. [?]

Construída no século I d.C., durante o domínio romano em Córdova, sobre o rio Guadalquivir, tem um comprimento de 331 metros e é composta por 16 arcos. Foi, durante séculos, o único ponto para cruzar o rio sem utilizar qualquer tipo de embarcação.
Ao longo da sua história sofreu inúmeras reconstruções. Julga-se que apenas dois arcos são originais. Em 2004, converteu-se numa ponte apenas pedonal. A última grande remodelação ocorreu entre 2006 e 2008, em que o restauro foi profundo, a cargo do arquitecto cordovês Juan Cuenca Montilla. Este mandou pôr a nu a silharia original, numa obra não isenta de polémica.

domingo, 6 de janeiro de 2013

Calesa de Cordova

Calesa de Cordova by VRfoto
Calesa de Cordova, a photo by VRfoto on Flickr.

CÓRDOVA (Espanha): Calesa.

See where this picture was taken. [?]

A 'calesa' é um veículo tipicamente espanhol destinado ao transporte público. Tem duas grandes rodas e lugares para dois ocupantes. O cocheiro senta-se sobre a vara direita.

Cordova

Cordova by VRfoto
Cordova, a photo by VRfoto on Flickr.

CÓRDOVA (Espanha): Vista da ponte romana e da mesquita-catedral.

See where this picture was taken. [?]

sábado, 5 de janeiro de 2013

Ponte medieval do Marnel

Ponte medieval do Marnel by VRfoto
Ponte medieval do Marnel, a photo by VRfoto on Flickr.

ÁGUEDA (Portugal): Ponte Velha do Marnel ou Ponte Medieval.

See where this picture was taken. [?]

A fundação da Ponte Velha do Marnel ou Ponte Medieval, situada na freguesia de Lamas do Vouga, crê-se que remonte ao período romano, século II, acreditando-se que seria neste local que a via romana, no troço de Emínio (Coimbra) a Cale (Gaia/Porto), fazia a travessia.
Mais tarde, esta ponte foi substituída por uma ponte medieval que, por sua vez, foi reconstruída durante o reinado de D. João III (1552). Terá assim, eventualmente, existido uma ponte romana que foi substituída por uma medieval durante o século XIV, da qual, após as obras de restauro do século XVI, reemerge com o aspecto que hoje lhe vemos.

info: www.cm-agueda.pt/

Ponte Velha do Marnel

Ponte Velha do Marnel by VRfoto
Ponte Velha do Marnel, a photo by VRfoto on Flickr.

ÁGUEDA (Portugal): Ponte Velha do Marnel ou Ponte Medieval.

See where this picture was taken. [?]

A fundação da Ponte Velha do Marnel ou Ponte Medieval, situada na freguesia de Lamas do Vouga, crê-se que remonte ao período romano, século II, acreditando-se que seria neste local que a via romana, no troço de Emínio (Coimbra) a Cale (Gaia/Porto), fazia a travessia.
Mais tarde, esta ponte foi substituída por uma ponte medieval que, por sua vez, foi reconstruída durante o reinado de D. João III (1552). Terá assim, eventualmente, existido uma ponte romana que foi substituída por uma medieval durante o século XIV, da qual, após as obras de restauro do século XVI, reemerge com o aspecto que hoje lhe vemos.

info: www.cm-agueda.pt/

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Ponte medieval sobre o Marnel

Ponte medieval sobre o Marnel by VRfoto
Ponte medieval sobre o Marnel, a photo by VRfoto on Flickr.

ÁGUEDA (Portugal): Ponte Velha do Marnel ou Ponte Medieval.

See where this picture was taken. [?]

A fundação da Ponte Velha do Marnel ou Ponte Medieval, situada na freguesia de Lamas do Vouga, crê-se que remonte ao período romano, século II, acreditando-se que seria neste local que a via romana, no troço de Emínio (Coimbra) a Cale (Gaia/Porto), fazia a travessia.
Mais tarde, esta ponte foi substituída por uma ponte medieval que, por sua vez, foi reconstruída durante o reinado de D. João III (1552). Terá assim, eventualmente, existido uma ponte romana que foi substituída por uma medieval durante o século XIV, da qual, após as obras de restauro do século XVI, reemerge com o aspecto que hoje lhe vemos.

info: www.cm-agueda.pt/

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Rua das Flores

Rua das Flores by VRfoto
Rua das Flores, a photo by VRfoto on Flickr.

CÓRDOVA (Espanha): Bairro da Judiaria.

See where this picture was taken. [?]

Situado onde outrora se encontrava a medina muçulmana, a Judiaria é um intrincado labirinto de ruas muito estreitas, onde se concentram os edifícios mais emblemáticos de Córdova.

Portal românico do mosteiro de Pitões das Júnias

PITÕES DAS JÚNIAS (Portugal): Ruínas do Mosteiro de Santa Maria das Júnias.

See where this picture was taken. [?]

Portal em arco perfeito de duas arquivoltas, a interna lisa e de arestas vivas e a exterior decorada com lancetas, apresentando o friso que a envolve três estreitos bocéis e um zig-zag duplo, sobre impostas, decoradas com motivos cordiformes que se prolongam num friso em toda a fachada; o tímpano é vazado, formando ao centro uma cruz de Malta inscrita num círculo e de ambos os lados três perfurações circulares; o dintel, decorado com bandas de quadrifólios, apoia-se sobre mísulas também elas decoradas com círculos e cruzes. Encima o portal, fresta, estreita e alta.

info: www.monumentos.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=4170

Igreja de S. Vitor

Igreja de S. Vitor by VRfoto
Igreja de S. Vitor, a photo by VRfoto on Flickr.

BRAGA (Portugal): Igreja Paroquial de São Vítor.

See where this picture was taken. [?]

A igreja de São Vítor, em Braga, é por muitos considerada um dos primeiros exemplos, se não mesmo o primeiro, de um templo concebido enquanto obra de arte total, onde a arquitetura de tradição maneirista foi pensada de forma a acolher a talha e a azulejaria que revestem o interior da igreja na sua totalidade (SMITH, 1970). O mesmo será dizer que, da conjugação de diferentes técnicas, resulta um espaço complexo, mas onde reina a coerência resultante de um programa ideológico concreto.
A organização espacial, delineada pelo francês Miguel d'Escole e dirigida pelo mestre de pedraria Pascoal Parente, é simples, sendo que todos os volumes - nave única, capela-mor com sacristias laterais, e torre quadrangular adossada -, se desenvolvem segundo um mesmo eixo longitudinal. Num contexto de tradição militarista, a planta de São Vítor nada acrescenta aos esquemas já conhecidos (GONÇALVES, 1982 - 1983, p. 259), mas tira partido dos revestimentos em talha e azulejo, que animam e revitalizam a austera textura murária do interior.
A fachada de granito, ainda muito afastada do fulgor que André Soares introduzirá (PEREIRA, 1986, p. 36-38), é um bom exemplo do barroco bracarense, apresentando pilastras laterais, portal principal ladeado por dois nichos que albergam representações escultóricas de dois arcebispos, e frontão triangular, em cujo tímpano se encontra o brasão do arcebispo Dom Luís de Sousa, o responsável pela edificação da igreja iniciada em 1686, e que se tornou no grande emblema da sua passagem pelo Arcebispado de Braga (GONÇALVES, 1982 - 1983, p. 259). Remata a empena uma cruz cardinalícia. Os restantes alçados são animados por pilastras de granito e janelas de iluminação, que lhes conferem ritmo, acentuando o contraste entre a pedra e a cal.

Info: www.igespar.pt/en/patrimonio/pesquisa/geral/patrimonioimo...

Janelão na igreja da Sra da Oliveira

GUIMARÃES (Portugal): Janelão da Igreja da Nossa Senhora da Oliveira.

See where this picture was taken. [?]

Newest photos from the portfolio of Vector99

Search photos: by: Vector

VR Stock Photo

vmribeiro's gallery