terça-feira, 29 de outubro de 2013

Mata de Albergaria (Gerês)

Mata de Albergaria (Gerês) by VRfoto
Mata de Albergaria (Gerês), a photo by VRfoto on Flickr.

PARQUE NACIONAL PENEDA GERÊS (Portugal): Mata de Albergaria.

See where this picture was taken. [?]

A Mata de Albergaria é um dos mais importantes bosques do Parque Nacional da PenedaGerês (PNPG), constituída predominantemente por um carvalhal secular que inclui espécies características da fauna e da flora geresianas. Guarda também um troço da Via Romana - Geira - com as ruínas das suas pontes e um significativo conjunto de marcos miliários.
A baixa presença humana nesta mata não rompeu, até há poucos anos, o frágil equilíbrio do seu ecossistema, cuja riqueza e variedade contribuíram para a sua classificação pelo Conselho da Europa, como uma das Reservas Biogenéticas do Continente Europeu. É também, nos termos do Plano de Ordenamento do Parque, classificada como Zona de Protecção Parcial da Área de Ambiente Natural.

info: www.serradogeres.com/index.php?option=com_content&tas...

Outono na Mata de Albergaria (Gerês)

PARQUE NACIONAL PENEDA GERÊS (Portugal): Mata de Albergaria.

See where this picture was taken. [?]

Paris_Montmartre_Place_du_Tertre02

PARIS (França): Trabalhos na Praça do Tertre.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Outono no Gerês

Outono no Gerês by VRfoto
Outono no Gerês, a photo by VRfoto on Flickr.

PARQUE NACIONAL PENEDA GERÊS (Portugal)

See where this picture was taken. [?]

Mata de Albergaria no Gerês

Mata de Albergaria no Gerês by VRfoto
Mata de Albergaria no Gerês, a photo by VRfoto on Flickr.

PARQUE NACIONAL PENEDA GERÊS (Portugal): Mata de Albergaria.

See where this picture was taken. [?]

Interior da Matriz (antiga Mesquita) de Mértola

MÉRTOLA: Interior da igreja de Nossa Senhora da Anunciação, matriz de Mértola.

See where this picture was taken. [?]

Na segunda metade do séc. XII foi construída em Mértola a sua Mesquita, erguida na zona onde terá existido um conjunto palatino. A sua construção terá utilizado diversos ele
mentos de outros edifícios onde se incluem fragmentos de inscrições romanas do séc. II.
Atualmente a matriz de Mértola, esta Igreja de Nossa Senhora da Anunciação, conserva a sala quadrada com cinco naves não diferenciadas, separadas por esbeltas colunas com capitéis árabes, portas e mihrab (nicho indicando a direção de Meca). Conserva ainda dois capitéis coríntios possivelmente do séc. IX e foram também encontrados vestígios datados da época visigótica, facto que confere a este local uma importância redobrada na área de Mértola.
O templo, adaptado ao culto cristão, após a Reconquista, mostra uma fachada manuelina-mudéjar que inclui ameias e coruchéus, sendo o portal de inspiração renascentista.

info: e-cultura.sapo.pt/

Interior da Matriz de Mértola

Interior da Matriz de Mértola by VRfoto
Interior da Matriz de Mértola, a photo by VRfoto on Flickr.

MÉRTOLA: Interior da igreja de Nossa Senhora da Anunciação, matriz de Mértola.

See where this picture was taken. [?]

Na segunda metade do séc. XII foi construída em Mértola a sua Mesquita, erguida na zona onde terá existido um conjunto palatino. A sua construção terá utilizado diversos ele
mentos de outros edifícios onde se incluem fragmentos de inscrições romanas do séc. II.
Atualmente a matriz de Mértola, esta Igreja de Nossa Senhora da Anunciação, conserva a sala quadrada com cinco naves não diferenciadas, separadas por esbeltas colunas com capitéis árabes, portas e mihrab (nicho indicando a direção de Meca). Conserva ainda dois capitéis coríntios possivelmente do séc. IX e foram também encontrados vestígios datados da época visigótica, facto que confere a este local uma importância redobrada na área de Mértola.
O templo, adaptado ao culto cristão, após a Reconquista, mostra uma fachada manuelina-mudéjar que inclui ameias e coruchéus, sendo o portal de inspiração renascentista.

info: e-cultura.sapo.pt/

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Escultura em Matosinhos

Escultura em Matosinhos by VRfoto
Escultura em Matosinhos, a photo by VRfoto on Flickr.

MATOSINHOS (Portugal): Escultura na rotunda do Senhor de Matosinhos.

See where this picture was taken. [?]

Interior da Igreja do Senhor de Matosinhos

MATOSINHOS (Portugal): Interior da igreja do Senhor de Matosinhos.

See where this picture was taken. [?]

No espaço interior, dividido em três naves, destaca-se o imponente altar-mor de talha dourada, que integra na parte central um nicho com imagem de Cristo crucificado, atribuída aos séc. XII / XIII. Trata-se de uma escultura em madeira oca, com cerca de dois metros de altura e extremamente curiosa, dada a assimetria simbólica do olhar, já que o olho esquerdo se dirige para o Céu e o direito para a Terra, numa clara simbiose entre Deus e o Homem.

info: www.cm-matosinhos.pt/pages/562?poi_id=56.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Capela-mor da igreja do Senhor de Matosinhos

MATOSINHOS (Portugal): Altar-mor da igreja do Senhor de Matosinhos.

See where this picture was taken. [?]

No espaço interior, dividido em três naves, destaca-se o imponente altar-mor de talha dourada, que integra na parte central um nicho com imagem de Cristo crucificado, atribuída aos séc. XII / XIII. Trata-se de uma escultura em madeira oca, com cerca de dois metros de altura e extremamente curiosa, dada a assimetria simbólica do olhar, já que o olho esquerdo se dirige para o Céu e o direito para a Terra, numa clara simbiose entre Deus e o Homem.

info: www.cm-matosinhos.pt/pages/562?poi_id=56

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Interior da Igreja do Senhor de Matosinhos.

MATOSINHOS (Portugal): Interior da igreja do Senhor de Matosinhos.

See where this picture was taken. [?]

No espaço interior, dividido em três naves, destaca-se o imponente altar-mor de talha dourada, que integra na parte central um nicho com imagem de Cristo crucificado, atribuída aos séc. XII / XIII. Trata-se de uma escultura em madeira oca, com cerca de dois metros de altura e extremamente curiosa, dada a assimetria simbólica do olhar, já que o olho esquerdo se dirige para o Céu e o direito para a Terra, numa clara simbiose entre Deus e o Homem.

info: www.cm-matosinhos.pt/pages/562?poi_id=56.

Igreja do Senhor de Matosinhos

Igreja do Senhor de Matosinhos by VRfoto
Igreja do Senhor de Matosinhos, a photo by VRfoto on Flickr.

MATOSINHOS (Portugal): Igreja do Senhor de Matosinhos.

See where this picture was taken. [?]

Igreja barroca de planta em cruz latina, de três naves e capela-mor rectangular, ricamente decorada a talha dourada. A construção da Igreja de Matosinhos, classificada como imóvel de interesse público iniciou-se no séc. XVI e tem sido, desde então, objecto de inúmeras alterações. Destacam-se as do período barroco, no século XVIII, nomeadamente o notável revestimento em talha dourada de toda a capela-mor e a edificação de uma nova fachada, da autoria do famoso arquitecto italiano Nicolau Nasoni. Estas obras foram realizadas graças às abundantes e generosas ofertas prometidas pelos emigrantes que faziam fortuna no Brasil e às ofertas da gente do mar nas aflições da sua labuta. É, hoje, a Igreja Matriz de Matosinhos e o coração da devoção ao seu Santo Padroeiro.

info: www.lifecooler.com/artigo/passear/igreja-do-senhor-de-mat....
stockphoto.vmribeiro.net/

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Santuário da Nossa Senhora do Pilar

PÓVOA DE LANHOSO (Portugal): Santuário da Nossa Senhora do Pilar.

See where this picture was taken. [?]

O Santuário de Nossa Senhora do Pilar é um santuário de devoção mariana situado no Monte do Pilar, concelho da Póvoa de Lanhoso. Este Santuário possui uma Via Cruz formada por dez Calvários, cinco dos quais de via-sacra, que são construções em granito grosso da região, pilastras de cantaria aparelhada, de paredes de alvenaria revestida e caiada. Não são todas da mesma arquitectura e não seguem uma ordem lógica a par dos evangelhos com esculturas de madeira policromada que representam cenas do Monte Gólgota, relacionadas com a crucificação de Jesus Cristo.
O Santuário da Nossa Senhora do Pilar é inspirado na igreja da Nossa Sra. do Pilar em Vila Nova de Gaia, mandado construir por um comerciante abastado, André da Silva Machado, natural da Póvoa de Lanhoso, Valdemil e que mandou edificar no ano de 1860 esta igreja. A imagem da Santa chegou à Póvoa de Lanhoso em 1860 pelo devoto André da Silva Machado. Para esse fim, obteve autorização para demolir uma parte do castelo e reaproveitar a pedra para edificar o Santuário de Nossa Senhora do Pilar. É uma Igreja barroca, de uma só nave, coberta por abóbada em pedra e altar-mor em talha dourada.

info: www.atpl.pt/?n=santuario_de_n_sr_do_pilar&cod=15&...

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Castelo de Lanhoso

Castelo de Lanhoso by VRfoto
Castelo de Lanhoso, a photo by VRfoto on Flickr.

PÓVOA DE LANHOSO (Portugal): Castelo de Lanhoso.

See where this picture was taken. [?]

No alto do seu trono, na condição de vigilante do tempo e da história, o Castelo de Lanhoso é uma das principais referências culturais e patrimoniais do Concelho da Póvoa de Lanhoso.
A sua singularidade, pela forma como se afirma na paisagem (no pino do maior afloramento monolítico granítico conhecido), aliada à carga histórica e simbólica que encerra, aporta-lhe uma marca indelével na região e no país.
Marco incontornável na conquista e formação do reino de Portugal, ao contemplar-se o Castelo de Lanhoso é difícil não experimentar o imaginário de combates, lutas e batalhas históricas.

info: www.mun-planhoso.pt/espacos-municipais/castelo.html

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Interior da igreja românica de Fonte Arcada

PÓVOA DE LANHOSO (Portugal): Interior da igreja românica de Fonte Arcada.

Interiormente coberta por tecto de madeira, a igreja, de cantaria granítica, apresenta um espaço amplo e austero proporcionado pela nave única e cabeceira abobadada flanqueada por colunas com capitéis esculpidos e encimada por uma cornija de arcadas lombardas. A excepção a este ambiente de austeridade residirá na capela-mor, profusamente decorada, com cinco arcadas cegas apoiadas em colunas com capitéis lavrados com diferentes motivos predominantemente vegetalistas.

info: www.igespar.pt/pt/patrimonio/pesquisa/geral/patrimonioimo...

Por do Sol em Leça

Por do Sol em Leça by VRfoto
Por do Sol em Leça, a photo by VRfoto on Flickr.

LEÇA DA PALMEIRA (Portugal)

See where this picture was taken. [?]

Farol do Cabo de Santa Maria

Farol do Cabo de Santa Maria by VRfoto
Farol do Cabo de Santa Maria, a photo by VRfoto on Flickr.

OLHÃO (Portugal): Farol do Cabo de Santa Maria.

See where this picture was taken. [?]

O Farol do Cabo de Santa Maria é um farol português situado na Ilha da Culatra, cidade e distrito de Faro, em frente a Olhão no Algarve. Implantado a cerca de 2.500 metros a ENE do Cabo de Santa Maria e deste separado pela Barra Nova, canal cuja abertura definitiva, no primeiro quartel do século XX, para serviço dos portos de Faro e Olhão, causou a divisão da Ilha do Cabo de Santa Maria em duas partes - Culatra e Barreta.

Trata-se de uma torre branca, tronco-cónica, com esqueleto exterior em betão armado, formado por uma malha cónica de pilares e vigas. Farolim e varandim vermelhos.

info: pt.wikipedia.org/wiki/Farol_do_Cabo_de_Santa_Maria

Alqueva

Alqueva by VRfoto
Alqueva, a photo by VRfoto on Flickr.

ALQUEVA (Portugal)

See where this picture was taken. [?]

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Capitéis (direita) do portal românico da igreja de Fonte Arcada

PÓVOA DE LANHOSO (Portugal): Capitéis esculpidos do pórtico principal da igreja românica de Fonte Arcada.

Capitéis e tímpano do portal da igreja românica de Fonte Arcada

PÓVOA DE LANHOSO (Portugal): Capitéis e tímpano do portal da igreja românica de Fonte Arcada.

See where this picture was taken. [?]

A fachada principal, austera, tem um portal de três arquivoltas apoiadas em seis colunelos com capitéis lavrados e ábacos salientes. O portal é encimado por um friso enxaquetado. O tímpano ostenta um Agnus Dei.

info: pt.wikipedia.org/wiki/Igreja_de_Fontarcada

domingo, 13 de outubro de 2013

Portal da igreja românica de Fonte Arcada

PÓVOA DE LANHOSO (Portugal): Portal da igreja românica de Fonte Arcada.

See where this picture was taken. [?]

A fachada principal, austera, tem um portal de três arquivoltas apoiadas em seis colunelos com capitéis lavrados e ábacos salientes. O portal é encimado por um friso enxaquetado. O tímpano ostenta um Agnus Dei.

info: pt.wikipedia.org/wiki/Igreja_de_Fontarcada

sábado, 12 de outubro de 2013

Casa do Proposto

Casa do Proposto by VRfoto
Casa do Proposto, a photo by VRfoto on Flickr.

GUIMARÃES (Portugal): Casa do Proposto.

See where this picture was taken. [?]

Esta bela residência senhorial do século XVIII fica situada na rua de São Gonçalo, freguesia de S. Paio.
Em 1750, a Casa do Proposto e a sua quinta são compradas por Pedro Bernardino Cardoso Meneses Barreto, capitão-mor de Guimarães, fidalgo da Casa Real e 7º senhor do Paço de Nespereira.
No final do século XIX, sofreu obras que lhe acrescentaram a parte direita da fachada e a tornaram assimétrica. As janela de avental do primeiro andar e a porta de entrada emoldurada por cantaria trabalhada conferem-lhe nobre aspeto. Uma escadaria de lanços opostos conduz à porta de entrada que dá acesso ao salão nobre.

info: António Lambert Pereira da Silva, Nobres Casas de Portugal , Livraria Tavares Martins, Porto, 1958, vol. IV

Mosteiro de Seiça

Mosteiro de Seiça by VRfoto
Mosteiro de Seiça, a photo by VRfoto on Flickr.

FIGUEIRA DA FOZ (Portugal): Mosteiro de Seiça.

See where this picture was taken. [?]

Foi D. Afonso Henriques quem mandar construir o Mosteiro em louvor à Virgem Maria devido a um milagre recebido junto da capelinha de Nossa Senhora de Seiça.
Os primeiros monges do convento foram os de Lorvão que naquele tempo pertenciam à ordem de São bento cujo superior foi o Abade D. Paio Egas nomeado para este cargo no ano 1175
D. Afonso Henriques faleceu (1185) sem que a sua obra fosse concluída, mas o seu filho D. Sancho I deu-lhe continuidade, entregando o convento à ordem de S. Bernardo por esta ser considerada um "raro exemplo de virtude e Santidade".
Em Setembro de 1348, a peste negra fez com que o Mosteiro de Seiça sofresse muitas perdas entre religiosos e caseiros. Esta epidemia dizimou 150 religiosos em 2 meses.
Em 1513 D. Manuel ordena a reparação do Mosteiro por este se mostrar bastante degradado. Assim, a igreja foi ampliada e tornou-se num dos melhores templos das redondezas. Devido aos elevados da igreja, uma feira anual franca foi autorizada, por útil para as obras em curso.
Em finais do século XVIII, Frei Manuel de Figueiredo afirmou que o edifício do Mosteiro era regular e bom, "Com uma boa igreja e suficientes oficinas; e vinte e cinco celas, para acomodação dos religiosos, além da casa dos hospedes".
O Mosteiro após várias deligências efectuadas não está classificado pelos serviços do Estado, encontrando-se num estado deplorável de degradação.

info: pt.wikipedia.org/wiki/Mosteiro_de_Sei%C3%A7a

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Nossa Senhora do Porto de Ave

Nossa Senhora do Porto de Ave by VRfoto
Nossa Senhora do Porto de Ave, a photo by VRfoto on Flickr.

PÓVOA DE LANHOSO (Portugal): Santuário de Nossa Senhora do Porto de Ave.

See where this picture was taken. [?]

O santuário de Nossa senhora do Porto de Ave (ou de Porto d' Ave) é um complexo religioso situado no lugar de Porto de Ave, freguesia de Taíde, Póvoa de Lanhoso, Portugal. Inclui, além da igreja, que engloba um museu de arte sacra popular, uma Via sacra com capelas dedicadas a episódios da vida da Virgem Maria e vários edifícios, originalmente de apoio aos peregrinos, atualmente em remodelação. É local de uma romaria que se efetua todos os primeiros domingos de Setembro.
O santuário foi constituído, originalmente, por um pequeno oratório de madeira edificado por Francisco Magalhães Machado, pertencente à Ordem Terceira dos franciscanos, mestre escola neste lugar, no ano de 1730, para acolher uma imagem de Nossa Senhora do Rosário, antes pertencente à Igreja de São Miguel de Taíde, de modo a evitar a sua destruição, já que tinha sido rejeitada pelos responsáveis pela igreja. Tendo a imagem ficado aos seus cuidados, para sua veneração particular, rapidamente se espalhou a notícia de vários dons concedidos pela então designada "Senhora dos Milagres", pelo que se englobou o oratório numa capela de pedra que dignificasse a imagem, a que ocorriam cada vez mais peregrinos, crentes no seu poder milagroso. A capela foi terminada em 1734 e situava-se no local atualmente ocupado pela capela da Natividade de Nossa Senhora ou de Santa Ana (construída em 1865), ao fundo do escadório, a sul do templo atual. Contam as crónicas que o professor Francisco Magalhães Machado terá, então, decidido restaurar a imagem. Ao preparar-se para a levar a um pintor, a imagem ter-se-ia transformado miraculosamente numa estátua de excelente aspeto, o que, ao ser divulgado, aumentou ainda mais a sua fama.

D. José de Bragança, arcebispo de Braga decidiu, então, perante o avolumar dos crentes em romaria, proceder à construção do santuário, provido de uma escadaria, à semelhança de outros santuários da mesma época, nomeadamente do Santuário do Bom Jesus, de Carlos Amarante. Por carta Régia de 14 de Abril de 1874, foi elevado à categoria de Santuário Real.

info: pt.wikipedia.org/wiki/Santu%C3%A1rio_de_Nossa_Senhora_do_...

Guimarães

Guimarães by VRfoto
Guimarães, a photo by VRfoto on Flickr.

GUIMARÃES (Portugal): Largo da Oliveira.

See where this picture was taken. [?]

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Ilha do Farol

Ilha do Farol by VRfoto
Ilha do Farol, a photo by VRfoto on Flickr.

OLHÃO (Portugal): Farol do Cabo de Santa Maria.

See where this picture was taken. [?]

O Farol do Cabo de Santa Maria é um farol português situado na Ilha da Culatra, cidade e distrito de Faro, em frente a Olhão no Algarve. Implantado a cerca de 2.500 metros a ENE do Cabo de Santa Maria e deste separado pela Barra Nova, canal cuja abertura definitiva, no primeiro quartel do século XX, para serviço dos portos de Faro e Olhão, causou a divisão da Ilha do Cabo de Santa Maria em duas partes - Culatra e Barreta.

Trata-se de uma torre branca, tronco-cónica, com esqueleto exterior em betão armado, formado por uma malha cónica de pilares e vigas. Farolim e varandim vermelhos.

info: pt.wikipedia.org/wiki/Farol_do_Cabo_de_Santa_Maria

Farol do Cabo de Santa Maria

Farol do Cabo de Santa Maria by VRfoto
Farol do Cabo de Santa Maria, a photo by VRfoto on Flickr.

OLHÃO (Portugal): Farol do Cabo de Santa Maria.

See where this picture was taken. [?]

O Farol do Cabo de Santa Maria é um farol português situado na Ilha da Culatra, cidade e distrito de Faro, em frente a Olhão no Algarve. Implantado a cerca de 2.500 metros a ENE do Cabo de Santa Maria e deste separado pela Barra Nova, canal cuja abertura definitiva, no primeiro quartel do século XX, para serviço dos portos de Faro e Olhão, causou a divisão da Ilha do Cabo de Santa Maria em duas partes - Culatra e Barreta.

Trata-se de uma torre branca, tronco-cónica, com esqueleto exterior em betão armado, formado por uma malha cónica de pilares e vigas. Farolim e varandim vermelhos.

info: pt.wikipedia.org/wiki/Farol_do_Cabo_de_Santa_Maria

Newest photos from the portfolio of Vector99

Search photos: by: Vector

VR Stock Photo

vmribeiro's gallery